segunda-feira, setembro 21, 2009

Um homem de (todas as) palavras



Ricardo Araújo Pereira recita "Se me comovesse o amor", de Francisco José Viegas