segunda-feira, maio 04, 2009

Indo eu, indo eu, a caminho da Damaia...

Por razões que só o coração conhece, de vez em quando rumo à Damaia. E, muito de vez em quando, apanho o comboio para lá chegar. A viagem é rápida, o clima é temperado e, com sorte, até nem somos assaltados. Ora, hoje foi um desses raros dias em que me desloquei numa carruagem suburbana da CP até à mais bonita freguesia do concelho da Amadora. Poucos minutos depois de entrar, sair. BOM. O comboio vir praticamente vazio e o ar condicionado até estar bem fresquinho. MUITO BOM. Não ser assaltada. EXCELENTE. Sair do comboio e ver uma senhora tropical de 40 e muitos anos, de calças arreadas, a urinar em plena estação. MAU. MUITO MAU.