quinta-feira, fevereiro 26, 2009

Daqui

A ideia basicamente é o boicote. À inteligência, mais que tudo. À coragem, antes de mais. Depois, a falta de à-vontade para dizer, com vontade, que se quer diferente. Que se quer mudar. E este verbo último ganha contornos maquiavélicos para uns. É aquele tremor nos joelhos, é aquele gelado sem sabor na barriga. É, só pode ser isso. Só pode ser isso que vos faz ser menores aos meus olhos. Só pode ser isso que me faz torcer o nariz, revirar os olhos, as tripas e o coração, esse, fecha-se automaticamente. Aqui não há espaço para o vazio.

Há, sim, gargalhadas. Estridentes, ainda que para dentro. Altas, ainda que só eu as oiça. São deleites sonoros para uns ouvidos já habituados à pouca ginástica mental. Exercite-se o bom humor! Só ele nos vale no vale dos moribundos de espírito. Aqui só há lugar para tudo o que o nada me mostra.

A ideia basicamente é a diferença. De todos, mais que tudo. De ti, antes de mais.

E rir do que consegue fazer chorar também.