segunda-feira, março 10, 2008

Dos provérbios

"Quem espera sempre alcança" e "Quem espera desespera".
Se a sabedoria popular ajuda duas vezes, eu ajudo muito mais. Sim, porque, para mim, "Quem espera chateia-se comó caraças e acaba por dar meia volta e ir embora". Sim, é isto. Independentemente do tipo de espera. Seja algo ou alguém.
Esperar faz perder o entusiasmo de uma chegada.
Esperar amortiza a vontade de saber mais.
Esperar não é para todos. E também não se espera por todos.
Eu vou andando. Ficas?