segunda-feira, fevereiro 11, 2008

3 Curtas sobre 3 Longas


"The Darjeeling Limited"
O nada, o absurdo, o íntimo. Uma viagem à procura destes três ou talvez não. É Wes Anderson, com certeza. O realizador de "A Lula e a Baleia" ou "The Royal Tenenbaums" volta a falar de família, das diferenças entre seres que partilham sangue e pouco mais do que isso. Desta feita, são três irmãos que partem numa alegada viagem espiritual rumo à Índia. Entretanto, acontece um pouco de tudo a estes três ou, lá está, se calhar não lhes acontece nada. Mas isso é bom, como este filme.


"O Lado Selvagem"
Ele queria largar a mediocridade em que vivia e partiu. Christopher McCandless, a.k.a. Alexander Supertramp, licencia-se, doa todas as suas poupanças e decide entregar-se à estrada, rumo ao Alasca. Realizado por Sean Penn, este filme, que é mais um roteiro espiritual, assume a grandiosidade interior das imagens exteriores que nos arrebatam durante quase três horas. Baseado numa experiência real, "Into the Wild" consegue amargurar, comover, incomodar. O jovem actor Emile Hirsch ajuda, e muito, a tornar tão sentida uma verdadeira opção de vida. Mas a música do Eddie Vedder, claro está, ajuda ainda mais.


"Sweeney Todd - O Terrível Barbeiro de Fleet Street"
É oficial, não gosto de musicais.
O Johnny Depp não canta assim tão bem.
O Tim Burton conseguiu desiludir-me pela primeira vez.
Mas o exagero de sangue é bom, muito bom.

Imagens DR