quarta-feira, junho 20, 2007

Florescer

e eu nunca recebi uma dália...

segunda-feira, junho 18, 2007

A dança das andorinhas

Tremem as mãos de uns longos dedos, tremem. Segue-se dois olhos risonhos acompanhados de uma face morena rosada por uma vergonha feliz.
Depois riem os dois, numa valsa mais do que acompanhada.
E dançam.

sábado, junho 16, 2007

Se a perfeição existe...



Until we fall, Chris Cornell

quinta-feira, junho 14, 2007

Chegaste e...

aí vens tu, de cara pouco lavada, e uma ou outra nódoa negra nos olhos, que ontem inundaram um sonho. Mas, subitamente, enamorado chegas ali e as nuvens aclaram um caminho pouco previsível e tão arriscado. Mas que sabe(s) bem. Molhas os lábios, sedento daquela novidade, e abraças o vão sentido que tudo isto tem. Nem te importas e sorris, aquilo que fazes melhor. Acho que consigo fazer o mesmo. E até aposto que nem me importava de perder.

segunda-feira, junho 11, 2007

(ao) Vivo



Idioteque, Radiohead

Sucinto

De pé fácil, assim sou. Mas de memória complicada, penso. Assaltos de imagens de palavras não ditas, assim surgem. Só porque sei que as queres dizer, fala.

sexta-feira, junho 08, 2007

sábado, junho 02, 2007

O amor é fodido, já dizia o MEC



"eu gostava muito delas, mas não como gosto de ti (...) isso é o que deixa lixado, 'tás a ver ou não? (..) o que me chateia é que andas atrás dos putos todos, menos de mim, que eu gosto de ti, eu amo-te. Percebes? Percebes isso ou não?"