sexta-feira, março 23, 2007

pseudo

Anseio a cegueira pálida
dos lindos versos construídos
pela voz que me dás por escrito
- ainda hoje é assim.
E tanto me dei à sorte
que os boémios dados banidos
me avisaram nos sonhos
- ainda ontem foi assim.
Um breve sorriso oferecido
e a minha pele demora a secar
do suor que a tua pele demorou a dar
- ainda amanhã será assim.