sexta-feira, janeiro 19, 2007

Pulso natural

Sobre todas as coisas tenho dito sorrisos. E é ao acordar que o arrepio sussurra à almofada um tímido “bom dia” semelhante à imagem que me preencheu os sonhos.Tudo por um corpo de vícios em toques, nada pela ânsia que se vai queimando nos dias. Acho que as unhas já se acalmaram e os lábios rasgam-se novamente para ti.