domingo, julho 09, 2006

Adeus, Capitão*

Foto: AP
Mesmo quando jogava menos bem, era bom. Sempre deu tudo pela Selecção Nacional e o número 7 será sempre dele. É o melhor jogador português na actualidade e arredores e dos únicos que consegue apagar a imagem do futebolista «bronco». Dá a conhecer ao mundo a imagem de um país pequeno demais para a sua grandeza. Na Indonésia, há um fenómeno tal à volta deste jogador, que muitas mães registam os meninos com o nome «Figo».
O meu favorito desde sempre.
E a esperança de o ver com a camisola do Sporting outra vez é grande.
Como ele.
*Luís Figo anunciou a saída da Selecção Nacional, depois de 127 jogos com a camisola de Portugal, após o jogo frente à Alemanha, assim como Pauleta (neste caso, acho que, de facto, já era tempo de se dedicar mais às fatias...).